Cavas Wine Lodge, o melhor de Mendoza

Mendoza, foi de longe, uma das melhores viagens que eu fiz. Seja pela paisagem dos Andes que te persegue a cada passo ou a cada passeio de bicicleta feito, seja pelas bodegas que se repetem diariamente e cada uma com seu encanto único, ou pelos lugares secretos. Aqueles lugares únicos. Aqueles lugares nos quais você deseja que o tempo pare por ali mesmo.

Aqueles lugares feito essa única florzinha no meio da terra seca.

Lugares com paisagem seca, amo muito.

E, as vezes, nem são lugares e sim momentos. Tipo esse abaixo.

Um lugar como esse, é o Cavas Wine Lodge. Um hotel para poucos, e um restaurante para quem sabe bem o que quer. Ali eu posso assegurar que tive o melhor momento da viagem. Por isso deixo de falatório, e apresento à vocês nada mais uma das melhores experiências da vida.

Por lá, você nem bem chega e já é super bem recebida com uma copa de tinto de la casa, de bem-vinda.

Mas ok, vamos tirar a taça para você ver a beleza escondida atrás dela.

Bueno, de entradinhas, diversos pães com azeite de oliva. Vale lembrar que Mendoza é também conhecida não só pelas vinícolas, mas pelas várias plantações de oliva.

E isso é lá dentro. Tipo, sem palavras.

E essa é a vista do restaurante. Essa casinha que você vê ao fundo seria o ”quarto” do hotel. Cada quarto é uma casinha dessa. Chato néammmm? E esses ramos secos são plantações de uva. Como eu fui no outono, não estava tão belo, mas mesmo assim é demais.

E essa aí debaixo sou eu, deslumbrada com o que eu estava vendo.

Escolhemos um rosé para começar o trabalho. Dolium Petit Reserva Malbec 2008. Geladinho desce fácil que só.

Entradinhas de queijos com frutas da estação. E algo que eu nunca tinha pensado em fazer até então era maridar o rosé com morangos. Gentchy, é pra viciar, eu juro. Foto linda né?

Maior desafio era escolher um prato principal. Eu fui de ravioles de cordeiro com azeite de oliva e vegetais assados. Deus no céu, ravioles de cordeiro na terra.

E o segundo principal era um carneiro grelhado com chutney de peras e maçãs com batatas assadas ao vinho do Porto. Nome difícil, composição espetacular.

De sobremesa chocolate em três texturas com vários morangos delícia. O mais gostoso desses eram todos eheh, entendeu?

E um aperitivo para acompanhar a outra sobremesa escolhida: créeme brûleé de alecrim e lavanda e de laranja com canela. LAVANDA, gente! Morri.

Não quero mais nada da vida. Sério mesmo.

Cavas Wine Lodge
Costaflores s/n – Alto Agrelo.
Luján de Cuyo – Mendoza
Preço médio: 300 pesos por pessoa.
www.cavaswinelodge.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s