La Bohème, um café para morrer de amor em Praga

Sou apaixonada por cafés fofos e não ter um lugar sequer que eu viaje e que não tente achar aquele lugarzinho escondido, mega fofo e delicioso. Isso não foi diferente em Praga.

Desde que comecei a procurar por lugares lá, meus olhinhos brilhavam todas as vezes que encontrava o La Bohème na web – como diz meu primo. E não deu outra, arrastei o Marcos para o outro lado da cidade (que por sorte é pequenina) e nos encantamos com os detalhes do lugar.

A casa parecia cenário de filme e cada cantinho continha tantos detalhes que fiquei imaginando o trabalhão que não deve ter dado montar tudo aquilo. O resultado é fabuloso: um café que serve cafés, sorry a redundância, de ótimas qualidades (só entrar no site para ver de onde os grãos vem) e sobremesas que preenchem uma geladeira inteira de ponta a ponta.

As atendentes mal falam inglês, mas conseguimos nos virar bem e, por incrível que pareça, a trilha sonora era reggaeton do começo ao fim – achei fabuloso ahaha (Daddy Yankee na veia).

Para os apaixonados por lugares incríveis, como eu, o La Bohème vale demais a visita.

Processed with VSCO with a1 preset
Cantinho delicado para colocar a conversa em dia.
la-boheme-prague-6
Cafés e mais cafés. 
la-boheme-prague-5
Janelinha que dava para o fundo da casa com uma parede repleta de plantinhas.
la-boheme-prague-4
Cappuccino + Flat White + bolo de chocolate com ganache de Nutella.
la-boheme-prague-3
Detalhes da decoração – sorry pela foto torta, mas foi com o celular mesmo hehe.
la-boheme-prague-2
Outro salão, mais moderninho. As pessoas passam o dia por ali trabalhando.

La Bohème CaféFacebook – Site/ Rua Sazavska 32, Praha.

Praga e suas belezas

Não viajei horrores, mas posso dizer que dos lugares que visitei Praga está no top 3 se falamos de beleza. A cidade parece que serviu de inspiração para contos de fadas, as ruas criam um cenário no qual você acha que foi tudo construído para harmonizar uma coisa com a outra e há charme em qualquer ruazinha ou cantinho que você esbarre.

Nas fotos abaixo vou mostrar um pouquinho do que mais me encantou enquanto passeava por lá.

Processed with VSCO with 4 preset
Visitamos a cidade no outono, pertinho do Halloween, as lojas de flores se ambientavam de acordo a sazonalidade e as cores da estação, muito amor.
Processed with VSCO with a1 preset
Pôr do sol de Praga desde o terraço do bar do hotel U Prince.
Processed with VSCO with a1 preset
Vista panorâmica de Praga do prédio da biblioteca mais linda do mundo, a Klementinum – é proibido tirar foto dela, mas foi um dos passeios mais fantásticos que fizemos por lá. A biblioteca é datada de 1775 e nunca foi remodelada :).
Processed with VSCO with a1 preset
Prédios e construções coloridas a beira do rio Moldava.
Processed with VSCO with c8 preset
Construção barroca no Wallenstein Garden.

 

Processed with VSCO with 10 preset
Wallenstein Garden.
Processed with VSCO with c1 preset
Pelas ruazinhas do centro velho.
Processed with VSCO with 10 preset
Um vinhedo (sim!) no caminho do castelo de Praga.
Processed with VSCO with a1 preset
Parece mini cidade européia.
Processed with VSCO with c6 preset
Sede do Senado Checo.
Processed with VSCO with 9 preset
Catedral de S. Vito dentro do complexo do Castelo de Praga.
Processed with VSCO with a1 preset
A caminho do castelo de Praga.
Processed with VSCO with a1 preset
Pelas ruas do bairro Malá Strana.
Processed with VSCO with 4 preset
Filamôrnica de Praga, a Rudolfinum.
Processed with VSCO with a1 preset
Bohème Café no bairro de Vinohrady.

Siga @amandamormito/ @casaqueviaja.

Comendo e Bebendo (bem!) em Praga

Praga é uma das cidades mais lindas que eu já visitei e apesar de não ser internacionalmente conhecida com um polo gastronômico, a gente passou bem lá! Cada dia fomos a um lugar diferente e não houve sequer um lugar que eu não voltaria. Seguem minhas indicações pela cidade:

Augustine Restaurant & Bar

O restaurante é bem fino e fica localizado em um antigo monastério da cidade, tem janelas que vão do teto ao chão e um jardim delicioso que dá vontade de passar o dia nele. O restaurante tem pratos europeus e algumas especialidades checas – tudo o que provamos por lá foi bem saboroso. Para quem é fã, tem também menu degustação com harmonização de vinhos locais. Facebook/ Site.

Processed with VSCO with 4 preset
Leitão a brasa com emulsão de cerveja, nhoque de abóbora e vegetais.
Processed with VSCO with 4 preset
Couvert com pães diversos e cremes.
Processed with VSCO with 4 preset
Eclair de chocolate com frutas vermelhas.
Processed with VSCO with 4 preset
Cafécito.
Processed with VSCO with 4 preset
Jardim do restaurante.

Designum Café

Cafézinho bem gostoso que encontrei subindo uma das ruas mais lindas da cidade, a Nerudova. Perfeito para uma paradinha rápida, um café e um pedaço de bolo. A região é bem cheia de turistas, mas vale a pena dar uma olhadinha. Facebook.

Processed with VSCO with a1 preset
Fachada mais amor.

Bakeshop

Essa padaria é MUITO fofa e eu quase tive um treco quando a vi perto do hotel que ficamos. A única coisa que eu não curti é que descobri que tem um milhão dela pela cidade e eu sou fã de lugares únicos, mas não importa. Tudo por lá é bem gostosinho e se eu puder recomendar, a filial que fica na U luzhickeho seminare 99/22 | Mala Strana (impossível falar esse nome) é a mais linda! Facebook/ Site.

Processed with VSCO with 4 preset
Pirei nessa janelinha com pães.
Processed with VSCO with a1 preset
Me lembrou o Café Florencio em Buenos Aires.

U Prince Rooftop Bar

U Prince é um hotel que fica do lado do que nos hospedamos – eu tentei arranjar um quarto pra gente lá, mas já estava tudo esgotado. O lugar tem um rooftop que vive cheio de gente, também mas que é uma delícia e tem a vista mais linda de bar na cidade. Aliás, estou para dizer que só vale ir pela vista já que não tem muita opção de comidinha legal e as que tem são bem caras. Nós fomos para o happy hour e comemos light. O clima é bem agradável, as músicas são boas, mas nada como apreciar o por do sol de lá de cima. Site.

Processed with VSCO with 10 preset
Happy hour com queijinhos, pães e vinho branco.
Processed with VSCO with c6 preset
A melhor vista de Praga que você respeita.
Processed with VSCO with c8 preset
O melhor por do sol de Praga que você respeita.

Koslovna Aprops

Se você quer um restaurante bem típico, sem frescura e frufrus o Koslovna Aprops é a pedida. Nosso guia no Free Tour de Praga, que mora por lá, nos indicou esse lugar e nós adoramos. A gente gosta de tudo na real, mas esse lugarzinho tem aquele algo de comida fantásticas e gordurosa, frequentado por locais e não locais e com um atendimento e preço bem honestos. É o tipo de lugar que se paga bem e não tem erro. Também é um bom lugar para os amantes de cerveja! Reza a lenda que os checos bebem mais que os alemães. Site.

Processed with VSCO with a6 preset
Não apto para quem tem colesterol alto.

La Bohème Cafe

Pra quem não me conhece: eu sou apaixonada por cafés. Desde que vi esse lugarzinho em Praga eu não sosseguei até cruzar a cidade toda para chegar até ele. Nem vou colocar muitas fotos porque ele merece um post especial. Dá uma olhada na foto abaixo que você já vai sentir como é o clima por lá: aconchegante, cheio de bolos que adoçam qualquer corazón e reggaeton embalando os ouvidos dos que por ali ficam a tarde toda. Site.

Processed with VSCO with 10 preset
Coisa mais linda de lugar.

L’Fleur Bar

Esse foi um dos melhores bares que eu já fui na vida! Sem brincadeiras. No dia em que visitamos lá, fomos cedo e eu também descobri esse lugar enquanto fazíamos um tour pelo lado judaico da cidade. A fachada meio misteriosa me chamou a atenção e eu logo fui entrando para saber do que se tratava. Nós tomamos drinks fantásticos por lá, o bartender é sensacional e a ambientação é digna de um bar de respeito europeu. A casa é especializada em champagnes, como toda inspiração francesa prevê, mas rolam drinks diversos e também com absinto (paixão nacional) hehe. Não é barato, mas vale MUITO a pena. Facebook/ Site.

Processed with VSCO with a6 preset
Dutch Flower: Bols Genever, xarope de flores, suco cítrico e claras.
Processed with VSCO with a4 preset
Pode morar aqui?
Processed with VSCO with a6 preset
Parisian Skull: gin, absinto, maçã, pera, limão e champagne brut.

La Finestra

Nossa melhor refeição não só de Praga, mas talvez da viagem toda e vou até tirar uns minutinhos aqui para agradecer minha amiga Lorena (<3) por ter me indicado tamanha benção. O La Finestra é um restaurante italiano especializado em carnes que deixa vários lugares que fomos na Itália no chinelo, sério mesmo.

Eu gostei muito do lugar porque além de ser bem cozy na decoração e ambientação (cheio de velas, tijolinhos e flores) ele é bem autêntico: quando você pede um prato de carne o garçom vai até a sua mesa mostrar a carne do dia (crua mesmo, em um prato) e ainda te ajuda a escolher o melhor corte para o seu ânimo no dia considerando o grau de cozimento que você gosta. Eu achei isso sensacional (mas também entendo que para quem não curte, não é legal).

Nós pedimos um prato cada um, um vinho fantástico que o sommelier da casa nos indicou e uma sobremesa bem apetitosa. E ah, foi lá também que comi o melhor tomate da minha vida. Facebook/ Site.

Processed with VSCO with c6 preset
Realmente não me lembro o que era, mas estava muito bom.
Processed with VSCO with a1 preset
Antipasto da casa e vinhozinho italiano Freisa D’Alba, Rinaldi 2013.
Processed with VSCO with a6 preset
Cheesecake desconstruído.

A gente ainda passou por outros lugares (vide o food truck da foto lá de cima que encontramos em uma pracinha hehe), mas esses foram os que mais adoramos e recomendamos de olhos fechados. Espero que curtam :)

Siga @amandamormito/ @casaqueviaja.

De Berlim à Modena: hospedagens e translados

Quando começamos a nos programar para nossa viagem tínhamos duas certezas: teríamos que começar pela Alemanha já que o Marcos ia correr a maratona em Berlim e deveríamos encerrar em Modena porque conseguimos a reserva na Osteria Francescana – o que iria acontecer no meio foi uma incógnita por muito tempo. Primeiro porque nós dois não temos foco: eu queria ter ido para a Grécia (e cobro ele até hoje por isso haha) e por ele nós teríamos chegado até a Sérvia.

Tentamos fazer um roteio meio nosso meio standard e fechamos no seguinte: Berlim, Praga, Budapeste, Viena, Hallstatt, Veneza, Modena, Verona. Dava pra colocar mais cidades e dava pra tirar algumas, mas ficou uma delícia esse roteiro e nós amamos.

Viajamos de São Paulo à Frankfurt e de lá à Berlim via Lufthansa (pegamos uma promo mara que vimos no Melhores Destinos, R$ 1500 cada passagem) e voltamos de Veneza a Frankfurt e de lá à São Paulo.

Em Berlim, o Marcos já tinha hotel fechado por conta do pacote da maratona e acabamos ficando no Ramada Mitte. Não é o estilo de hotel que eu procuro e pelo preço que ele vale dava pra ter ficado em um lugar BEM melhor, mas já estava pago e a gente não vai reclamar né? Hahah. Ele fica bem localizado, perto de metrô, mercado, lojinha e restaurantes e é um hotel mais estilo Ibis. Na tarifa não tem café da manhã e a acomodação é bem ok. Ponto. Da janela tinha um vista bonitinha.

screen-shot-2017-01-23-at-5-07-52-pm

De Berlim para Praga fomos de avião (saiu mais barato que trem) num teco teco que quase enfartei quando vi: não curto aviões – pra você que chegou agora nesse blog. Depois de muitas respirações e água, a viagem rolou tranquilamente. Em Praga nós nos hospedamos no hotel Rott. Não foi uma tarefa muito fácil escolher porque vimos vários lugares bem lindos por lá, mas o Rott no final das contas foi uma boa opção e mega bem localizado com café da manhã gostoso, atendimento honesto, comodidades legais e wifi haha.

screen-shot-2017-01-30-at-2-29-50-pm

Decidimos ir de Praga a Budapeste via trem e, apesar de não curtir avião, me arrependi de não ter voado. O trem húngaro que saiu de Praga era bem velho e também não era muito limpo hehe. A viagem toda tinha mais de 8h de duração e o trem não era nada confortável para dormir, além de ser bem frio.

Tirando o incômodo e a minha recomendação de fazer esse trecho por vias áreas, eu AMEI Budapeste – depois escrevo mais sobre. O cidade legal viu? Os hotéis lá são bem em conta e ficamos em um incrível, o Moments. A equipe do hotel era incrível e eles foram os responsáveis pelo melhor café da manhã da viagem e também o hotel mais barato que nos hospedamos.

64738873

Nossa seguinte parada foi Viena. E Viena é muito cara, acho que foi a cidade mais cara da viagem, sem brincadeira. Por isso escolhemos um baita ap no AirBnb que foi um achado> esse aqui ó. Nossos hosts foram uns queridos e não poderíamos ter acertado mais.

O ap era lindo, super limpo, arejado, tinha uns biscoitinhos que eu viciei (vide os da foto abaixo) e era mega bem equipado: deu pra cozinhar super e curtir os dias de chuva que rolaram pela cidade.

screen-shot-2017-01-30-at-3-36-09-pm

Desde que fechamos o roteiro da viagem queríamos incluir uma cidadezinha de interior no meio e Hallstatt foi a nossa escolha. A cidade é minúscula e parece saída de um conto de fadas (vou contar mais sobre ela nos posts a seguir) <3. Escolhemos o Hallstatt Hideaway para nos hospedar dentre tantas opções que pareciam ser saídas, também, de contos de fadas.

O que eu mais curti dessa pousada era a vista que tínhamos do quarto e o fato de ser cuidado pelos próprios donos, o que faz do lugar ser bem caseirinho.

Screen Shot 2017-01-30 at 3.51.56 PM.png

Nossa última parada foi Veneza. Como Veneza foi o lugar que passamos maior tempo fomos logo de AirBnb, caso contrário teríamos que ter vendido um rim para conseguir um hotel decente a bom preço. Demos sorte e escolhemos um ap que além de ser bem recomendado, era bem localizado e bonito :) link aqui. O único porém é o barulho da galera que passa na rua à noite, mas fora isso é uma bela pedida.

Sei que não é muito comum ficar em AirBnb em Veneza já que as casas por lá são bem velhas e custa achar algo honesto, logo aproveitem esse ap gostoso. E ah, o restaurante que fica na frente dele é fantástico também.

screen-shot-2017-01-30-at-3-57-56-pm

Nos posts a seguir vou comentar mais sobre os lugares que visitamos, comidinhas e dicas em geral. :) Espero que tenham curtido as indicações e qualquer dúvida é só colocar nos comentários abaixo.

Siga @amandamormito/ @casaqueviaja.